android-lollipop-boneco-google-1260x710

Google planeja “muro da vergonha” para fabricantes que demoram a atualizar Android

Todo mundo sabe que as atualizações para o Android chegam de forma bem lenta nos dispositivos em geral (com exceção dos Nexus). O Google está se esforçando para mudar isso, mas será que vai dar certo?

>>> Quanto tempo leva até uma versão nova do Android se tornar a mais popular?
>>> Por que as atualizações do Android são tão demoradas?

Segundo a Bloomberg, o Google elaborou uma lista classificando as fabricantes de smartphone no quesito atualização, envolvendo tanto correções de segurança quanto a própria versão do Android. Essa lista foi entregue às empresas, e o Google planeja torná-la pública para criar um “muro da vergonha” de quem mais demora a atualizar.

Desde o ano passado, o Google lança atualizações mensais de segurança para a linha Nexus. A promessa era distribuí-las rapidamente também a dispositivos Android mais populares, o que acabou não se cumprindo. Um executivo da HTC até chamou a meta de “pouco realista”.

Ainda assim, Hiroshi Lockheimer – chefe do Android – disse na conferência Google I/O, na semana passada, que está avançando em persuadir fabricantes e operadoras a liberar atualizações de segurança mais rápido. Ele afirma que esse processo poderia ser usado para atualizar a versão do Android também.

O Google também vem pressionando as operadoras para que demorem menos em realizar seus testes de cada atualização, a fim de distribuí-las mais rápido.

A americana Verizon “acelerou o processo em algumas semanas a mando do Google”, diz a Bloomberg; enquanto a Sprint cortou seu processo de aprovação de 12 semanas para “algumas semanas”. Além disso, o Google está tentando convencer as operadoras a distribuir suas atualizações de segurança sem passá-las por testes exaustivos.

Infelizmente, todos esses esforços esbarram na própria forma descentralizada em que o Android é distribuído. Da Bloomberg:

… os muitos esforços do Google podem ser frustrados. Investimentos adicionais de tempo e dinheiro são algo difícil para as fabricantes de Android, que estão vendo as margens de lucro diminuírem, e que obtêm a maior parte de seus lucros quando pessoas compram novos aparelhos, em vez de atualizar os antigos. As operadoras estão relutantes em entregar ao Google o controle sobre as atualizações, porque elas podem ser culpadas se houver problemas.

O Google tomou algumas iniciativas para melhorar a situação: alguns recursos são distribuídos pelo Play Services, chegando a versões antigas do Android sem uma atualização completa do sistema; e o Android N está em teste público desde março, talvez ajudando as fabricantes a levá-lo mais cedo a seus dispositivos. Mas o Google realmente se tornará agressivo com seus parceiros de hardware? É esperar para ver.

[Bloomberg]

amazon-video-direct-g1

Amazon lança serviço de publicação de vídeo rival do YouTube

 

Amazon Video Direct concorrerá diretamente com plataforma do Google. Serviço chega a EUA, Reino Unido, Alemanha, Áustria e Japão.


 

A Amazon entrará no terreno ocupado pela plataforma YouTube, com um novo serviço anunciado nesta terça-feira (10), em que usuários poderão disponibilizar seus vídeos online.

O Amazon Video Direct (AVD) se apresenta como “um novo programa gratuito que permite aos criadores e a quem tem histórias a contar pôr seus conteúdos de vídeo à disposição dos clientes da Amazon”.

amazon-video-direct-g1

A novidade surge poucos dias depois de a Amazon ter anunciado, junto com seus resultados trimestrais, a intenção de “aumentar significativamente” o gasto com vídeo online, setor em que tem investido nos últimos anos, posicionando-se cada vez mais como um possível concorrente do Netflix.

Os vídeos publicados no AVD podem ser distribuídos nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Áustria e Japão, países em que o serviço funcionará.

Os criadores podem escolher entre várias formas de distribuição. Uma delas é a sua inclusão gratuita no serviço de vídeo em streaming por assinatura Amazon Prime, que já oferece milhares de filmes e séries de televisão.

884187

Dilma regula Marco Civil e acaba com WhatsApp e Facebook grátis no celular

A Presidente Dilma Rousseff aproveitou o seu último dia de governo antes do afastamento pelo processo de impeachment, aprovado pelo Senado nesta quarta-feira (11), para liberar uma série de decretos com o que podem ser seus últimos atos de governo. E, entre várias ações, Dilma regulamentou e fez novas aplicações ao Marco Civil da Internet.

O principal ponto do decreto é o que fala sobre a neutralidade da rede, garantindo “a preservação do
caráter público e irrestrito do acesso à internet e os fundamentos, princípios e objetivos do uso da internet no País” e impedindo a priorização de “pacotes de dados em razão de arranjos comerciais”. Em outras palavras, acordos entre operadoras e serviços estão proibidos, já que o acesso a tipos de conteúdo deve ser igual a todos os usuários, independente da velocidade da conexão ou da região.

Isso deve acabar com o “zero rating”, os pacotes gratuitos de operadoras de telefonia móvel, como as que oferecem acesso a redes sociais (Facebook e Twitter) ou serviços como o WhatsApp sem descontar da franquia mensal contratada. Afinal, tal benefício é visto como um privilégio que, apesar de ser bom para os assinantes de um plano, deixa de lado uma grande parcela de usuários. As exceções da neutralidade incluem questões de segurança, como o envio de spam e ataques de negação de serviço (DDoS), além da busca de rotas alternativas de tráfego no caso de congestionamentos.

E a internet fixa?

Esperava-se que Dilma acabasse com a polêmica das franquias na internet fixa com um decreto que impossibilitaria a limitação da conexão, mas não foi bem isso que aconteceu. “A discriminação ou a degradação de tráfego” só podem ocorrer se isso for extremamente necessário para que o serviço continue funcionando, ou em caso de priorização de serviços de emergência (prestadores ou vítimas, no caso de risco de desastre ou estado de calamidade pública).

Privacidade e armazenamento

Além disso, o decreto indica quais devem ser os procedimentos para guarda e proteção de dados por provedores de conexão e de aplicações que atuam no Brasil. Os serviços devem possuir “transparência na requisição de dados cadastrais” e guardar essas informações até a expiração de prazos, enviando somente o que for solicitado pela Justiça em casos excepcionais.

Essas solicitações, aliás, só podem ser feitas em caráter individual, impedindo que companhias entreguem dados em massa de seus usuários. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) será a responsável pela fiscalização e eventual apuração de infrações.

 

Veja mais >>>> http://www.tecmundo.com.br/

Captura-de-Tela-2016-05-11-a--s-11.24.54-970x507

Instagram lança re design com novo ícone e visual minimalista

Instagram

o aplicativo anunciou hoje que vai mudar seu logotipo e o design do app. As alterações começam a chegar via atualização em dispositivos Android e iOS ainda nesta quarta-feira (11).

O ícone deixa aquele visual de câmera Polaroid antiga e passa a ter cores de um arco-íris em degradê. No que diz respeito à interface, o app ganhou um visual minimalista em preto e branco,conforme uma série de rumores já davam conta, e ícones simplificados. A navegação continua igual.

Captura de Tela 2016-05-11 às 11.24.54

Sobre a mudança, informa o blog do Instagram:

“Hoje nós estamos apresentando um novo visual. Você verá um ícone atualizado e um design inspirado em nosso antigo ícone. O design mais simples coloca maior foco em suas fotos e vídeos em mudar a forma como você navega pelo app”.

Outros apps desenvolvidos pelo Instagram, como Layout, Boomerang e Hyperlapse, também ganharam novos ícones coloridos.

icones-instagram-apps

Da esquerda para direita os ícones do Instagram, Layout, Boomerang e Hyperlapse. Crédito: Instagram.


 

 

 

We have a new look! You’ll see an updated icon and app design for Instagram. Inspired by the previous app icon, the new one represents a simpler camera and the rainbow lives on in gradient form. Learn more about the story behind the design:medium.com/@ianspalter/designing-a-new-look-for-instagram-inspired-by-the-community-84530eb355e3#.f1htuhgj8

 

A New Look for Instagram from Instagram on Vimeo.


 

Multi-clips no iOS

A rede também informou que uma atualização para o iOS trará de volta a opção de criar um vídeo baseado em múltiplos clipes presentes no rolo de câmera do smartphone. O update será disponibilizado nesta semana na versão 7.19 do app. Não há previsão para o recurso chegar ao Android ou Windows Phone.

 

Veja mais em >>>>> http://gizmodo.uol.com.br/

captura_de_tela_2016-05-09_as_14.05.59

Facebook Flat volta com botão que diz revelar quem visitou seu perfil

Quem usa o Facebook há vários anos já deve ter ouvido falar do Facebook Flat. O plugin para GoogleChrome ficou famoso em 2015 ao mudar o visual da rede social para Flat Design e supostamente revelar “quem visitou o seu perfil”. O recurso ficou pouco tempo funcionando e causou bastante polêmica, com usuários duvidando sobre qualidade dos dados e a própria rede social pressionando para o app sair do ar. Na última semana, a função “Profile Visitors” voltou, com algumas mudanças e também novas polêmicas.

 

Nova interface do Facebook Flat traz de volta função que revela quem viu seu perfil (Foto: Reprodução/Facebook)
Basta fazer um “antes e depois” da interface do Facebook Flat para perceber que algumas coisas mudaram: as palavras deram lugar a ícones coloridos, o Profile Visitors virou um binóculo amarelo bastante chamativo e a frase, que antes dizia “Pessoas que mais visitaram o seu perfil”, agora diz “Usuários que provavelmente visitaram seu perfil e interagiram com você com mais frequência”. O app continua mudando o visual e removendo anúncios, além de incluir novos feeds temáticos organizados.
A alteração na frase que explica o recurso dá margem para várias interpretações, trazendo de volta a dúvida sobre a veracidade dos dados. Na atual lista, entram pessoas que podem ter: visto seu perfil, enviado uma mensagem ou reagido a um post com uma curtida (like) ou outro Reaction. Sendo assim, para saber se de fato aquela pessoa apenas visitou seu perfil, é preciso excluir outras interações.

Segundo Rof Tentik, desenvolvedor da extensão, a função voltou no último dia 4 de maio. Sem dar maiores detalhes, ele explicou ao TechTudo que enfrentou problemas, mas isso não o impediu de oferecer o recurso, comum ao finado Orkut e ao LinkedIn, e atualmente não suportado no Facebook.

“Eu tive um problema com a função “Visitantes do Perfil”, mas agora está tudo certo”, afirmou.

De acordo com Tentik, a mudança na frase foi um pedido do Facebook. Por enquanto, o recurso parece funcionar sem problemas, sem a intervenção da rede social. A ferramenta também não teria mudado.

Veja mais em >>>>>  TechTudo

pirata.jpg.500x333.auto

IGAC bloqueia o acesso a mais 39 de sites piratas

Depois de há uma semana a Inspeção Geral das Atividades Culturais (IGAC) ter bloqueado 51 sites alegadamente com conteúdos piratas, o jornal Público avança hoje que a entidade enviou aos operadores de telecomunicações uma nova lista com 39 sites. Esses endereços da web deverão assim ser bloqueados no prazo de quinze dias ao abrigo de um protocolo assinado no passado verão, e que foi promovido pela Secretaria de Estado da Cultura, o IGAC, os representantes dos operadores de telecomunicações, a indústria do cinema, e associações de combate à pirataria.

Mais uma vez, em causa estão endereços que “fomentam à disseminação de links” que permitem aceder a vídeos (filmes e séries de TV), jogos, revistas ou música piratas.

Para ver a nova listagem dos sites notificados, clique aqui.

untitled

Facebook Deixa de enviar Solicitações para Jogos

Nesta quarta-feira o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, participou de um evento na Índia, e durante uma seção de perguntas e repostas ele anunciou que os engenheiros da empresa estão buscando soluções para as inúmeras solicitações de jogos, que vêm gerando reclamações dos usuários a algum tempo.

“Ainda não tínhamos trabalhado para acabar com os convites porque tínhamos outras prioridades. Mas se é algo que incomoda as pessoas, vamos priorizá-lo. Então, é o que estamos fazendo”, Disse Mark durante a resposta. Ela foi uma das mais votadas a serem perguntadas, e quando percebeu isso, de acordo com ele, enviou na hora uma mensagem para os responsáveis.

Atualmente, diversos aplicativos utilizam do Facebook para tentar atrair mais usuários, é o caso dos jogos. Entretanto, essa medida chega a ser irritante, já que durante o dia diversas notificações de games ficam chegando na rede social. A mudança prevista por Zuckerberg ainda não tem data para ser implementada.

Firefox-e-raposa-1260x710

Mozilla limita propagandas em novo Firefox, mas insiste: “não somos um ad-blocker”

O velho Firefox, que completa 11 anos no próximo dia 9, teve a festa de aniversário adiantada pela Mozilla. A desenvolvedora do navegador apresentou hoje uma atualização do browser com uma nova forma de navegação privada chamada Tracking Protection.

Navegando neste modo, o Firefox bloqueia algumas propagandas, rastreadores e botões de compartilhamento em redes sociais. O objetivo é reduzir os elementos que podem monitorar os hábitos de navegação do usuário.

Continue reading “Mozilla limita propagandas em novo Firefox, mas insiste: “não somos um ad-blocker””